Publicado em 19/10/2012

Uma pequena meditação a respeito da religiosidade que em nós habita.
Quantas vezes nos sentimos justos simplesmente porque estamos olhando para pessoas que são mais “pecadoras” que nós. Aos olhos de Deus estamos mais perdidos que estas pessoas que julgamos estarem perdidas. Porque pra elas a graça encontra espaço para agir e em nós não, por causa da justiça própria.
Deus abençoe sua vida através desta parábola. Irmão Edson Teixeira

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.